Make your own free website on Tripod.com
ACREDITA (FERNANDO SOUZA)

.Imprimir página

Não foi fácil, aquele dia em Jerusalém não foi fácil
O chicote já havia arrancado toda pele do meu corpo onde tocou!
O sangue que corria da coroa coagulava em meus olhos me impedindo de enxergar!
O peso daquela cruz tão enorme, mal entalhada tinha farpas que marcaram o meu corpo!
Os meus pés já chagados pelas pedras no caminho que trilhei ao calvário!
Todos os homens, que lá estavam, escarravam em meu rosto e zombavam de mim!
Não foi fácil, aquele dia em Jerusalém não foi fácil!
Mas tudo que eu fiz valeu a pena, hoje eu posso te dizer: ninguém te ama como Eu!
Eu dei a minha vida, mas venci a morte, e uma coisa, uma só coisa eu te peço:

Acredita! Acredita! Eu amo você!
Acredita! Acredita! Sofri no teu lugar!
Acredita! Acredita! Paguei por teus erros!
Acredita! Acredita! Eu amo vocë!

Os pregos que cravaram nos meus pulsos, com o peso do meu corpo adentraram em minhas mãos!
Meu desejo de falar era tão grande, mas Eu mal conseguia respirar!
Agarrei naqueles pregos com toda força, e ao Pai Eu supliquei por ti o perdão!
Todo sangue que perdi naquele dia pagou por teus pegados, já não deves mais!
O meu corpo foi colocado num sepulcro, mas a pedra que o fechava ali não ficou!
E tudo que eu fiz valeu a pena, hoje eu posso te dizer: ninguém te ama como Eu!
Eu dei a minha vida, mas venci a morte, e uma coisa, uma só coisa eu te peço:

Acredita! Acredita! Eu amo você!
Acredita! Acredita! Sofri no teu lugar!
Acredita! Acredita! Paguei por teus erros!
Acredita! Acredita! Comprei a tua dor, Sou o teu remédio!
Acredita! Acredita! Serás curado com Meu sangue!
Acredita! Acredita! Eu amo você!
Acredita! Acredita! Se entregue a mim!
Acredita! Acredita....